Siga-nos Você Também!

quarta-feira, abril 16, 2014

Naufrágio deixa quase 300 desaparecidos e 4 mortos na Coreia do Sul

Do UOL, em São Paulo

Balsa naufraga com centenas a bordo na Coreia do Sul18 fotos

Sequência de imagens mostra o naufrágio de uma balsa com 459 passageiros que afundou na Coreia do Sul. Ao menos quatro pessoas morreram e 293 estão desaparecidas. A operação de resgate envolve 34 barcos e 18 helicópterosArte/UOL

Ao menos quatro pessoas morreram e 284 estão desaparecidas após a balsa em que estavam afundar nesta quarta-feira (16) na Coreia do Sul. Até agora, do total de 459 passageiros a bordo, 174 foram resgatados em uma megaoperação da Guarda Costeira envolvendo dezenas de barcos e helicópteros, de acordo com informações da agência de notícias Yonhap, da Coreia do Sul.

A maioria dos passageiros fazia parte de um grupo de estudantes do ensino médio --325 adolescentes de Ansan (cerca de 35 km de Seul)-- que estava em uma excursão escolar para a Ilha de Jeju, um destino turístico no país.

Até as 19h no horário local (7h em Brasília), mergulhadores já tinham conseguido rastrear três compartimentos da embarcação submersa, mas não encontraram corpos. As condições de visibilidade no local são ruins, há fortes correntes marítimas e a temperatura da água é baixa, segundo informações da Marinha.

Há mais de 50 pessoas feridas, e existe o temor de que o número de vítimas aumente, porque muitas pessoas podem ter ficado presas às ferragens da embarcação.

NAVIO AFUNDA NA COREIA DO SUL

Com capacidade para 900 pessoas, a balsa Sewol ia de Incheon (cerca de 30 km da capital) para a Ilha de Jeju. A viagem noturna (de terça para quarta-feira) teria duração prevista de 14 horas. A embarcação afundou lentamente, em um ponto a 470 km de Seul, e submergiu oito horas após enviar um pedido de socorro.

De acordo com o Ministério da Segurança e da Administração Pública, por volta de 2h da madrugada (horário de Brasília), cerca de 95% da embarcação já se encontrava sob a superfície.

Segundo oficiais da Guarda Costeira, uma mulher de 27 anos, Park Ji-Yeong, possivelmente integrante da tripulação, foi retirada morta da balsa. A segunda vítima, uma estudante, morreu após ser socorrida. As outras duas vítimas confirmadas são do sexo masculino, provavelmente estudantes.

A empresa dona da embarcação divulgou um pedido de desculpas por meio de seus oficiais.

"Eu gostaria de pedir desculpas aos passageiros, incluindo estudantes e seus pais, e prometer que nossa companhia fará o seu melhor para minimizar perdas de vidas. Nós pedimos desculpas", disse Kim Young-boong, chefe de planejamento e administração da empresa marítima Chunghaejin.

Em 1993, 292 pessoas morreram em um acidente envolvendo uma balsa na Coreia do Sul.

Pancada

Ainda não se sabe a causa do acidente, mas alguns passageiros relataram ter ouvido um grande impacto antes de a balsa virar e afundar. "Nós ouvimos uma grande pancada e o barco parou", contou um passageiro ao canal local de TV YTN. "A balsa começou a virar e tivemos que nos segurar para conseguir ficar sentados", acrescentou.

terça-feira, abril 08, 2014

Professor faz questão sobre Popozuda em prova

Segundo Antonio Kubitschek, intenção era colocar em debate papel da mídia na formação de valores da sociedade

Alunos divulgaram imagem da prova nas redes sociais / Reprodução/Facebook

Da BandNews FM / noticias@band.com.br

    Professor não acredita em punição por pergunta
  • Um professor de uma escola pública de Taguatinga, no Distrito Federal, aplicou uma pergunta sobre Valesca Popozuda em um teste a seus alunos. O fato ganhou grande repercussão pelo fato do docente Antonio Kubitschek tê-la considerado uma “grande pensadora contemporânea”.

Em entrevista à BandNews FM, Kubitschek explicou que a questão foi feita em um contexto de debate sobre formação moral e valores da sociedade. Uma das formas de exemplificar o argumento, segundo o professor, foi mostrar o papel da imprensa nos valores da sociedade. "E essa discussão levou um tempo em sala e eu resolvi que a gente podia fazer um teste disso na escola: quando é que a imprensa vem para a escola? Em um fato positivo ou em um fato negativo?", disse em conversa com Ricardo Boechat.

Kubitschek lembra que o fato positivo aconteceu há pouco tempo, com uma exposição de fotografias tiradas pelos alunos. "Nós passamos dois dias com belas fotos[expostas]. Os alunos puderam participar disso, mas a imprensa não apareceu. Então, eu resolvi colocar uma questão que pudesse ir para a rede social e aí ‘vamos ver o que acontece’. E esse fato aconteceu [tanto] que a imprensa apareceu". A questão foi a seguinte:

"Segundo a grande pensadora contemporânea Valesca Popozuda, se bater de frente":

A - é tiro, porrada e bomba (resposta correta)

B - beijinho no ombro

C - recalque

D - vida longa

Kubitschek considera preconceito não aceitar Valesca Popozuda como uma pensadora contemporânea. "Eu acho um fato engraçado porque, se eu tivesse colocado ‘Chico Buarque, grande pensador contemporâneo’, não geraria polêmica nenhuma", observa. Ele diz ainda que havia tratado com os alunos em aulas anteriores o fato de a imprensa abordar apenas notícias ruins nas escolas e garante que colocou a pergunta também para mostrar que os repórteres são atraídos por polêmica.

O professor também explica que a pergunta era de interpretação de texto dentro do contexto do debate e que não escreveu a questão pensando no conhecimento que os alunos do Centro de Ensino Médio 3 tinham da música. "Eu diria o seguinte: a partir do momento em que a Valesca traz uma música e essa música é passada por vários famosos, por toda a mídia e você pega a imprensa e está lá ‘Fulano de tal deu beijinho no ombro’, ela está passando um conceito. Se a gente pegar uma tendência filosófica de que todo mundo pode ser um pensador desde que consiga criar um conceito, eu acho que a Valesca é, sim, uma pensadora”.

Sobre a reação de alguns pais, que não gostaram da pergunta, Kubitschek diz que eles não estariam atentos ao que seus filhos estão aprendendo em aula. "A reação dos pais dos alunos foi por desconhecimento do que estava acontecendo na própria sala de aula. O debate sobre a formação moral estava sendo feito em sala de aula: o papel dos meios de comunicação, do professor, dos pais. Como é que a gente forma os conceitos morais da nossa sociedade?", lembra.

Antonio Kubitschek tem 43 anos de idade e leciona há 19 sempre na escola pública. Ele também esclarece que não é parente do presidente Juscelino Kubitschek. Seu pai, fã dele, colocou o sobrenome do político em seu filho. "É uma homenagem de família", recorda.

quarta-feira, abril 02, 2014

Ex-goleiro Ronaldo deixa a Band

 

imageRonaldo Giovanelli, ex-goleiro e agora comentarista, não integra mais os quadros da Band. Participava do "Jogo aberto", às vezes do "Dono da Bola" e chegou a dividir a apresentação do "Band Esporte Clube" com a Paloma Tocci.

O contrato, que tinha renovação automática, venceu, mas como a emissora não concordou em dar o aumento que ele pediu, preferiu sair. Está fora.

*Colaboração de José Carlos Nery

quinta-feira, março 27, 2014

Governo anuncia pagamento dos servidores referente ao mês de março 2014

O Governo do Estado paga a folha de pessoal, referente ao mês de março, na próxima sexta-feira (28) e na segunda-feira (31).

Na sexta-feira (28) recebem aposentados e pensionistas. Na segunda-feira (31) o pagamento será efetuado aos servidores da administração direta e indireta. A informação é da Secretaria de Estado da Administração.

O Governo do Estado mantém o compromisso de realizar o pagamento sempre dentro do mês trabalhado.

Fonte: Governo da Paraíba

sexta-feira, março 14, 2014

Chuva e granizo caem na cidade de São Bento-PB

Texto: José Fernandes & Fotos: Jubervânia, Jaciara Lúcio,  Moisés Moura, Nara Gisselly, Edileide Talia Silva e José Fernandes.

Ontem (13/03) choveu bem na terra das redes. Uma chuva que começou aproximadamente 15h00min, já registrava nas proximidades do bairro São Bernardo 65 mm. Algumas casas, prédios públicos e estabelecimentos comerciais foram invadidos pelas águas das chuvas. Alguns internautas afirmam e até tiram fotos de pedras de gelos (granizo) que vieram com a forte chuva. Em algumas localidades da cidade, árvores não resistiram ao vento nem o volume das águas, a exemplo disso, pode observar fotos de uma árvore caída na Rua Antônio C. Rodrigues, próximo à Prefeitura Municipal. 

image

image

 

 

 

 

imageimageimage

image

imageimage

image

image

Adolescente comete crime dois dias antes de completar 18 anos

Ela implorou: 'Pelo amor de Deus, não me mate', diz mãe de menina executada por menor

Yorally Dias Ferreira, de 14 anos, foi morta pelo ex-namorado com um tiro na cabeça. O assassino, que cometeu o crime dois dias antes de completar 18 anos, filmou a morte e distribuiu as imagens para amigos

Bruna Fasano

Rosemary Dias Ferreira, mãe de Yorrally Ferreira, adolescente de 14 anos, que foi  morta com um tiro pelo ex-namorado

DOR – Rosemary Dias Ferreira, mãe da menina Yorrally, de 14 anos, morta com um tiro pelo ex-namorado ( Iano Andrade/CB/D.A Press)

A dona de casa Rosemary Dias Ferreira, de 44 anos, diz que ainda espera a filha Yorrally, de 14 anos, cruzar a porta, no final da tarde, com uniforme da Escola Militar do Novo Gama, um município de Goiás nos arredores de Brasília. Mas, desde a última segunda-feira, esta não é a única imagem que invade seus pensamentos de hora em hora: Rosemary assistiu um vídeo no qual a menina implora para o ex-namorado não executá-la. Na noite do crime, o delinquente tinha 17 anos, 11 meses e 28 dias de idade. Pela legislação brasileira, responderá pelo homicídio conforme estabelece o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente) – o que significa internação de, no máximo, três anos. As imagens do crime foram espalhadas pelo menor para celulares de amigos e postadas na internet. A busca pela filha demorou 15 horas. Yorrally saiu de casa no domingo pouco antes do meio dia para ir ao shopping. O corpo só foi achado no dia seguinte, estirado em um matagal. Nesse período, enquanto Rosemary e a polícia buscavam pela menina, o menor criminoso assistiu a um jogo de futebol, comemorou a vitória do seu time com amigos e só foi preso quando saía de uma consulta ao dentista. O sonho de Yorally, segundo a mãe, era seguir a carreira militar e conhecer os Estados Unidos. Não deu tempo. Já o ex-namorado, um delinquente frio e cruel, que a assassinou estará em liberdade nos próximos três anos. Emocionada, Rosemary conversou com o site de VEJA nesta quarta-feira.

Como foi a busca por sua filha? Eu comecei a estranhar a demora. Yorrally sempre me dizia onde estava, costumava dar satisfação de quanto tempo iria demorar e com quem saía. Quando começou a anoitecer e ela não voltou para casa, comecei a ficar muito preocupada. Tentei muitas, muitas vezes falar com ela pelo celular. Não tinha nenhum sinal. Saí pelas ruas, conversei com vizinhos, fui até o shopping onde ela me disse que estaria. Cheguei a falar com moto-táxis da região. Ninguém sabia dela. Entrei em desespero.

Como a senhora soube do crime? Acionamos a polícia, o celular dela tinha uma espécie de rastreador, um GPS, que é ligado ao do pai dela. Acionamos o rastreador e vimos que o endereço apontava a casa de um namoradinho que ela tinha. Um rapaz que eu conhecia. Fui até a casa dele e o enfrentei. 

Como era o relacionamento entre eles? Não chegava nem a ser um relacionamento. Eu não aprovava o menino. Eles se conheceram pelo Facebook e ficaram juntos um mês e meio, dois meses, no máximo. Embora o rapaz fosse educado e me tratasse com respeito, parecia uma pessoa dissimulada. Nunca me olhava nos olhos. Na minha frente, não falava gírias. Mas eu sempre ouvia ele e Yorrally conversando ao telefone e ficava espantada como ele falava alto, era agressivo e falava gírias. Eu e o pai dela nunca aprovamos esse namorico.

O menor chegou a filmar o assassinato de sua filha e enviar o vídeo aos amigos. A senhora viu as imagens? Eu assisti o vídeo três vezes. E nas três vezes eu não consegui chegar ao fim. Choro e me desespero. Não consigo ver o corpo da minha filha destruído. Ele bateu muito nela. Agrediu com força. Yorrally estava com um aplique no cabelo muito lindo, que eu tinha dado de presente para ela. Estava linda, com o cabelo comprido, bem brilhante, toda feliz e vaidosa. Minha filha era assim, cheia de vida, animada. Mas ele era muito ciumento, não gostava de vê-la bonita. Ele arrancou o aplique da cabeça dela com toda força. Bateu no rostinho dela. Pude ver todas as marcas no enterro. O corpo todo ferido. No vídeo, ela pede desesperada para não ser morta. Pude ouvir a vozinha dela suplicando: “Pelo amor de Deus, não me mate. Pelo amor de Deus, não me mate. Não me machuque, por favor”. Meu coração está destruído. Não tenho nenhuma vida. Meus dias se arrastam e são pesados desde que ela foi assassinada. Ele é um monstro. Só de lembrar dela suplicando eu morro um pouco.

Veja Abril

quarta-feira, março 12, 2014

Plantão: Assassinato agora na Lanchonete de "Ildinho"


image

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Hoje, 12/03, por volta das 22h20min um homem foi assassinado na lanchonete supracitado. Populares afirmam que o homem é conhecido pelo apelido de "Biola", outros afirmam que o nome é "Wilton".
 
Até o presente momento o corpo da vítima está no local para vistoria da perícia. Não se sabe o motivo da morte nem quem foi o autor do crime. 
 
A Polícia Militar prestou esclarecimenos e afirmou que a vítma se trata do comerciante Wilton de Oliveira, 32 anos de idade, que morava na Rua Tertuliano de Brito, no centro de São Bento, foi assassinado com três disparos de arma de fogo, na Lanchonete Stop Lanches, de frente ao Posto Aconchego, localizado na Avenida Pedro Eulâmpio da Silva.

A polícia não soube informar os motivos nem a autoria do delito.

O corpo da vítima foi encaminhado ao Instituto de Polícia Científica de Patos – PB, pra realização do exame cadavérico.

domingo, março 09, 2014

Platão: Polícia Militar age rápido e prende dupla agora noite em São Bento-PB



Preso agora a noite por volta das 20h dupla que tentava roubar celular na palhoça de João. A vítima reagiu  e foi baleada com tiro de raspão na cabeça, e os meliantes fugiram, mas a PM conseguiu prendê-los na Praça dos Rendeiros no centro de São Bento-PB. Até o momento não foi informado os nomes dos envolvidos. Chega informação que o SAMU socorreu a vítima e que não corre risco de morte.

Mais informações a seguir...

quinta-feira, março 06, 2014

GREVE DOS GARIS: A cidade maravilho está sendo ofuscado pelo acumulo de lixo nas ruas

image

Lixeiras na praia de Ipanema, na zona sul do Rio de Janeiro, transbordam cheias de dejetos. Em greve desde o último sábado (1º), cerca de 500 garis decidiram, em assembleia na frente da Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana), manter a paralisação.

Após a votação, os grevistas saíram em passeata rumo à Prefeitura do Rio e, em seguida, debaixo de chuva, seguiram em direção à Câmara dos Vereadores. Por onde passaram, foram recebidos por gritos de apoio de pessoas que estavam nos prédios. O prefeito do Rio, Eduardo Paes, havia anunciado, na noite de quarta (5), que suspenderia as cerca de 300 demissões de garis se os trabalhadores voltassem ao trabalho hoje. Nem a Comlurb nem os garis grevistas sabem informar quantos são os funcionários que não estão comparecendo ao trabalho. Ao todo, a companhia emprega 15 mil garis.

A paralisação começou em pleno Carnaval e deixou montanhas de lixo espalhadas pelas vias da capital fluminense.

Do UOL

TABELA DO SALÁRIO-FAMÍLIA

 

O Salário Família é o benefício previdenciário que têm direito os segurados empregados, exceto os domésticos, e aos trabalhadores avulsos que tenham salário de contribuição inferior ou igual a remuneração máxima databela do salário família.

 

VIGÊNCIA
REMUNERAÇÃO
SALÁRIO FAMÍLIA

A Partir de 01/01/2014

(Portaria Interministerial MPS/MF 19/2014)

R$ 682,50 R$ 35,00

R$ 682,51 a R$ 1.025,81

R$ 24,66

A Partir de 01/01/2013

(Portaria Interministerial MPS/MF 15/2013)

R$ 646,55 R$ 33,16
R$ 646,56  a R$ 971,78 R$ 23,36

A Partir de 01/01/2012

(Portaria Interministerial MPS/MF 2/2012)

R$ 608,80 R$ 31,22
R$ 608,81  a R$ 915,05 R$ 22,00

A Partir de 01/07/2011

(Portaria Interministerial MF/MPS 407/2011)

Até R$ 573,91

R$ 29,43

De R$ 573,92 a R$ 862,60

R$ 20,74

A Partir de 01/01/2011 a 30/06/2011

(Portaria Interministerial MF/MPS 568/2010)

Até R$ 573,58

R$ 29,41

De R$ 573,59 a R$ 862,11

R$ 20,73

A Partir de 01/01/2010

(Portaria Interministerial MPS/MF 333/2010)

Até R$ 539,03

R$ 27,64

De R$ 539,04 a R$ 810,18

R$ 19,48

de 01/01/2010 a 29.06.2010 (ver nota)

(Portaria Interministerial MPS/MF 350/2009)

Até R$ 531,12

R$ 27,24

De R$ 531,13 a R$ 798,30

R$ 19,19

de 01/02/2009 a 31.12.2009

(Portaria Interministerial MPS/MF 48/2009)

Até R$ 500,40

R$ 25,66

De R$ 500,41 a R$ 752,12

R$ 18,08

de 01/03/2008 a 31/01/2009

(Portaria Interministerial 77/2008)

 

Até R$ 472,43

R$ 24,23

De R$ 472,44 a R$ 710,08

R$ 17,07

de 01/04/07 a 29/02/08 (Portaria MPS 142/2007)

 

Até R$ 449,93

R$ 23,08

De R$ 449,94 a R$ 676,27

R$ 16,26

de 01/08/06 a 31/03/07 (Portaria MPS 342/2006)

Até R$ 435,56

R$ 22,34

De R$ 435,57 a R$ 654,67

R$ 15,74

de 01/04/06 a 31/07/06 (Portaria MPS 119/2006)

 

Até R$ 435,52

R$ 22,33

De R$ 435,53 a R$ 654,61

R$ 15,74

de 01/05/05 a 31/03/06 (Portaria MPS 822/2005)

até R$ 414,78

R$ 21,27

de R$ 414,79 a R$ 623,44

R$ 14,99

de 01/05/04 a 30/04/05 (MP 182/2004)

até R$ 390,00

R$ 20,00

de R$ 390,01 a R$ 586,19

R$ 14,09

de 01/06/03 a 30/04/04

até R$ 560,81

R$ 13,48

de 01/06/02 a 31/05/03
até R$ 468,47
R$ 11,26
de 01/06/01 a 31/05/02
até R$ 429,00
R$ 10,31
de 01/06/00 a 31/05/01
até R$ 398,48
R$ 9,58
de 01/06/99 a 31/05/00
até R$ 376,60
R$ 9,05
de 01/01/99 a 31/05/99
até R$ 360,00
R$ 8,65
de 01/12/98 a 31/12/98
até R$ 324,45
acima R$ 324,46
R$ 8,65
R$ 1,07
de 01/06/98 a 30/11/98
até R$ 324,45
acima de R$ 324,45
R$ 8,65
R$ 1,07
de 01/06/97 a 31/05/98
até R$ 309,56
acima de R$ 309,56
R$ 8,25
R$ 1,02
de 01/01/97 a 31/05/97
até R$ 287,27
acima de R$ 287,27
R$ 7,67
R$ 0,95
de 01/05/96 a 31/12/96
até R$ 287,27
acima de R$ 287,27
R$ 7,66
R$ 0,95
de 01/05/95 a 30/04/96
até R$ 249,80
acima de R$ 249,80
R$ 6,66
R$ 0,83
de 01/07/94 a 30/04/95
até R$ 174,86
acima de R$ 174,86
R$ 4,66
R$ 0,58
de 01/03/94 a 30/06/94
Até URV 174,86
acima de URV 174,86
URV 4,66
URV 0,58
01/02/94
até Cr$ 115.582,02
acima de Cr$ 115.582,02
Cr$ 3.082,15
Cr$ 385,19
01/01/94
até Cr$ 88.738,58
acima de Cr$ 88.738,58
Cr$ 366,33
Cr$ 295,74
01/12/93
até Cr$ 50.625,57
acima de Cr$ 50 .625,57
Cr$ 1.350,00
Cr$ 168,72
01/11/93
até Cr$ 40.536,13
acima de Cr$ 40.536,13
Cr$ 1.080,95
Cr$ 135,10
01/10/93
até Cr$ 32.449,67
acima de Cr$ 32.449,67
Cr$ 865,31
Cr$ 108,15
01/09/93
Até Cr$ 25.924,48
acima de Cr$ 25.924,48
Cr$ 691,31
Cr$ 86,40
01/08/93
Até Cr$ 15.183,93
acima de Cr$ 15.183,93
Cr$ 404,90
Cr$ 50,60
01/07/93
Até Cr$ 12.731.793,25
acima de Cr$12.731.793,25
Cr$ 339.514,87
Cr$ 42.439,28
de 01/05/93 a 30/06/93
Até Cr$ 9.064.419,69
acima de Cr$ 9.064.419,69
Cr$ 241.718,13
Cr$ 30.214,71
de 01/03/93 a 30/04/93
Até Cr$ 4.728.257,59
acima de Cr$ 4.728.257,59
Cr$ 26.087,01
Cr$ 15.760,85
de 01/01/93 a 28/02/93
Até Cr$ 3.459.616,29
acima de Cr$ 3.459.616,29
Cr$ 92.256,54
Cr$ 11.532,05
de 01/09/92 a 31/12/92
Até Cr$ 1.434.259,00
acima de Cr$ 1.434.259,00
Cr$ 38.246,95
Cr$ 4.780,86
de 01/05/92 a 31/08/92
Até Cr$ 638,052,75
acima de Cr$ 638.052,75
Cr$ 17.014,76
Cr$ 2.126,84
de 01/01/92 a 30/04/92
até Cr$ 276.978,83
acima de Cr$ 276.978,83
Cr$ 7.386,11
Cr$ 923,26

Nota:

  • Em 2010 o valor da cota do salário família foi disciplinado por duas portarias distintas, sendo:

  1. Portaria Interministerial MPS/MF 350/2009 - vigência: 01.01.2010 a 29.06.2010, publicada em 05.01.2010; e

  2. Portaria Interministerial MPS/MF 333/2010 - vigência: 01.01.2010 a 31.12.2010, publicada em 30.06.2010.